menu

Brasil

10/12/2013


Reforma ministerial não deve sair antes do fim de janeiro

GOVERNO

Embora a presidente Dilma Rousseff sinalize que gostaria de bater o martelo nos nomes da reforma ministerial assim que voltar das férias, ainda na primeira quinzena de janeiro, a avaliação no PT e no governo é de que a composição do novo governo não sai antes do fim do mês.

Mesmo que Dilma apresente suas opções para preencher os buracos na equipe assim que voltar a Brasília, as consultas internas e acertos dos últimos detalhes devem levar ao menos entre uma e duas semanas para serem finalizados.

Embora alguns setores ainda falem na possibilidade de concluir as trocas somente em abril, quem é próximo da presidente ainda aposta que Dilma vai preferir evitar uma reforma fatiada. E entrar em fevereiro já com a nova equipe montada.

 

iG Poder

Notícias relacionadas