menu

Brasil

03/04/2014


Reginaldo Pereira é autorizado a voltar ao cargo diante de protesto popular

PARAÍBA

Nesta manhã, o clima esquentou em frente à Câmara Municipal de Santa Rita. O prefeito Reginaldo Pereira que iria solenemente voltar aos trabalhos, foi impedido. Nenhum vereador apareceu para que o prefeito retornasse ao cargo. Foi o povo que compareceu e inibiu a entrada do prefeito na Câmara. Reginaldo também havia marcado uma coletiva de imprensa, mas desmarcou devido ao ambiente tenso que se instaurou em Santa Rita.

O povo foi às ruas, pneus foram queimados e com a confusão, a Polícia Militar foi chamada que usou balas de borracha para conter os entusiasmos da população. A revolta do povo se deve ao fato de que, na noite de ontem (2), o juiz da comarca da cidade de Santa Rita, Sérgio Moura Martins, teria atendido o Agravo de Instrumento, com pedido de liminar, movido pelos advogados de defesa de Reginaldo Pereira, que garantiu o seu retorno ao cargo. Na mesma deliberação, o juiz proibiu a Câmara Municipal de votar novos afastamentos do prefeito.

Impasse
Reginaldo já havia sido afastado do cargo três vezes pelos vereadores da cidade. Em sessões realizadas nos dias 20, 24 e 1º os parlamentares aprovaram três outros pedidos de afastamentos do prefeito. Ele é acusado pela Câmara de cometer improbidade administrativa.

WSCOM Online

Notícias relacionadas