menu

Brasil

04/04/2017


Renan Calheiros: “O governo está parecendo com a seleção do Dunga”

SÃO PAULO – O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), disse na segunda-feira (4) que "ainda não" rompeu com o presidente de Michel Temer, mas comparou o governo com a seleção treinada por Dunga. "O governo está parecendo com a seleção do Dunga e não precisamos mais do Dunga, precisamos do Tite para levar o Brasil a um porto seguro", disse o ex-presidente do Senado em entrevista à TV Ponte Verde, de Maceió.

Questionado sobre os principais erros de Temer, o ex-presidente do Senado disse que o governo está "mal escalado". "Pela improvisação, circunstância, o governo acabou nomeando pessoas que, sinceramente, eu não acredito que tenham condições de exercer o seu papel", disse.

Renan citou ainda interferências de Eduardo Cunha no governo. "Pelos sinais, pela compreensão, ele continua interferindo, porque política você não aprende, não estuda, você compreende pelos sinais. Então, a nomeação de Osmar Serraglio para o ministério da Justiça é algo que, em uma crise dessas, não dá para tolerar", comentou. Questionado se há ministros para sair do governo, ele disse que "para a seleção do Dunga, não. Mas, para a seleção do Tite, você teria sim que modificar esse time".

No último sábado, a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, informou que, diante das críticas do senador ao governo, Temer decidiu romper com Renan. Segundo a publicação, o presidente afirmou a aliados na quinta-feira passada que, se o senador alagoano buscava o rompimento, conseguiu (veja aqui).

Confira abaixo o trecho da entrevista no qual Renan compara o governo com a "seleção de Dunga":

iG

Notícias relacionadas