menu

Brasil

25/11/2015


Renan convoca reunião com líderes e mesa para discutir prisão de Delcídio

A presidência do Senado divulgou nota em que informa que o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), "foi informado, no início da manhã desta quarta-feira (25), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca das diligências envolvendo o senador Delcídio do Amaral (PT-MS)".

O líder do governo no Senado foi preso sob a acusação de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. O presidente do Senado disse ainda que irá reunir os líderes partidários e a Mesa Diretora para discutir a prisão. A 2ª Turma do STF referendou a decisão do ministro relator da Lava Jato, Teori Zavascki, mantendo a prisão de Delcídio. Os autos serão enviados ainda hoje ao Senado, segundo Teori.

Segue a íntegra da nota:

"Nota pública

O presidente do Senado Federal, Senador Renan Calheiros (PMDB-AL), foi informado, no início da manhã desta quarta-feira (25), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca das diligências envolvendo o senador Delcídio do Amaral (PT-MS).

O Senado Federal aguarda a remessa das informações pelo STF, segundo o que estabelece a Constituição Federal em seu artigo 53. Posteriormente, o Senado Federal adotará as medidas que entender necessárias.

O presidente do Senado vai reunir os líderes partidários e a Mesa Diretora. Durante o dia, a presidência do Senado Federal atualizará as informações.

Secretaria de Imprensa – Presidência do Senado Federal​"

Notícias relacionadas