menu

Brasil

05/04/2017


Revista NORDESTE: Brasileiros compram imóveis nos EUA

Entre os cinco que mais compram imóveis na Flórida, brasileiros querem blindagem de patrimônio diante de crises locais e internacionais

Por WALTER SANTOS

Seletta Boutique Imobiliária faz a assessoria para compra de imóveis em Miami, Orlando, Nova York, Las Vegas, entre outras cidades turísticas dos Estados Unidos. A diretora comercial Liliane Cavalcanti conversou com a Revista NORDESTE e garantiu que a procura entre brasileiros tem sido alta e, para o público que busca esse tipo de investimento há bons preços e facilidades.

Revista NORDESTE: Qual a avaliação que a senhora faz do volume de negócios imobiliários de brasileiros, em especial de nordestinos, nos Estados Unidos?
Liliane Cavalcanti: O brasileiro está entre os cinco maiores compradores de imóveis da Flórida, atrás apenas de americanos, canadenses, chineses e colombianos. O volume de compras de nordestinos, ainda é relativamente baixo a comparar com outras Regiões do País, mas estamos fazendo um trabalho específico para esta região, com informações substanciais, de modo a dar maior visibilidade a estes produtos da Flórida aqui em nossa região.

NORDESTE: Quais as cidades ou estados mais procurados ?
Liliane
: As cidades mais procuradas para compra de Imóveis nos USA por brasileiros, ainda são Miami e Orlando. Em seguida, vem Nova York.

NORDESTE: Nesse contexto, qual o volume de aquisição e compra por parte de paraibanos? Dá para quantificar?
Liliane:
Ainda não conseguimos mensurar esse volume, pois é recente nossa atuação no Estado da Paraíba e estamos trabalhando com ações para estimular esse tipo de investimento visto que os paraibanos têm potencial, e pretendemos expandir nossos serviços para as demais regiões, nordeste, Brasil. Em Janeiro de 2017 acompanhamos um grupo de clientes da Paraíba em Orlando, para visitações e acompanhamento das suas aquisições.

NORDESTE: Por que essa busca e tendência?
Liliane:
Para todos aqueles que buscam blindar seu patrimônio, ou mesmo, ter uma excelente rentabilidade como investimento seguro e de grande liquidez, tem em Orlando e Miami, uma ótima opção. Além de que quando nossos clientes passam a conhecer como funciona a compra de imóvel lá (diferente daqui) cresce o interesse ainda mais em saber que sua escolha esta sendo mais assertiva do que investir no próprio país, ainda mais sabendo o que a região irá lhe proporcionar, desde educação, emprego, segurança…

NORDESTE: Qual o valor médio de casa e apartamento em Orlando e Miami?
Liliane
: Há duas opções de investimento: para morar ou para alugar por temporada. Em média, em Orlando podemos ter imóveis a partir de $ 200,000 a U$ 10,000,000. Em Miami, temos a partir de U$ 250,000 até U$ 30,000,000.

NORDESTE: Muitos pensam que a aquisição de imóvel resulta em se ganhar o Green Card. Essa informação procede?
Liliane:
Infelizmente, não procede. A aquisição de bens imóveis não dão direito ao processo de visto de residência permanente (green card).

NORDESTE: O que faz a SELETTA ser uma empresa brasileira credenciada de forma diferenciada e única?
Liliane
: O que nos faz ser únicos e diferenciados neste nicho de negócio, é que estamos associados ao mercado americano através de nosso sócio e parceiro, SELECTA REALTY, nas cidades de Orlando e Miami. Selecta Realty atua no mercado não somente como imobiliária e sim como Boutique, colocando o cliente em primeiro lugar. Orientamos todos os nossos clientes da melhor forma para o mesmo adquirir seu bem tanto no Brasil quanto nos EUA.

NORDESTE: Quais as novas metas e eventos neste contexto de negócios?
Liliane:
A nossa meta é consolidar a nossa marca no mercado nordestino como a maior e melhor empresa de negócios na Flórida com o status de segurança, solidez e liquidez de seus bens. Realizamos o FLORIDA INVESTMENT CONNECT durante o mês de março em 4 cidades do Brasil (Piracicaba-SP, Manaus-AM, Campina Grande-PB e João Pessoa-PB). O objetivo foi nos apresentar para clientes, bem como tratarmos de assuntos que envolvem todo o processo de investimento imobiliário na Florida.

NORDESTE: Por que dolarizar investimentos com imóveis na Florida?
Liliane:
Quando se compra um imóvel nos Estados Unidos significa dolarizar investimentos, essa aquisição é mais simples do que se imagina. Podemos citar também a proteção patrimonial. No Estado da Flórida se pode comprar o imóvel como pessoa jurídica também, reduzindo alguns impostos. Muitos compram propriedades como residência de férias ou para diversificar o portfólio de investimentos e ambos reconhecem que possuir uma casa na Flórida traz muitos benefícios, tanto financeiros quanto sociais.

NORDESTE: Como Donald Trump interfere no mercado imobiliário para os brasileiros que querem comprar imóveis?
Liliane:
Apesar de toda a polêmicas que envolvem a nova gestão do Presidente Donald Trump, diferente do que muitos pensam, sua proposta tende a ter uma tendência de desregulamentar o mercado financeiro, redução de impostos para o segmento imobiliário. A prática de tais vetores no mercado imobiliário americano tende a elevar o poder de compra para imigrantes estrangeiros. Portanto, quem se antecipar em comprar casa em Orlando, por exemplo, poderá desfrutar de uma significativa valorização do imóvel no curto prazo. Com as novas propostas de redução de burocracia para aquisição de imóveis nos EUA a tendência será uma crescente procura por construtoras brasileiras em Orlando, bem como um número de brasileiros investidores. Não podemos esquecer que a principal atividade de Donald Trump sempre foi o ramo imobiliário.
 

Notícias relacionadas