menu

Brasil

13/12/2013


Revista NORDESTE é a grande vencedora do Prêmio AETC-JP de Jornalismo

PRIMEIRO LUGAR

O "Oscar da Imprensa Paraibana" 2013 foi da Revista NORDESTE. É assim que o prêmio AETC-JP de jornalismo é conhecido, por premiar as melhores reportagens produzidas por jornalistas em empresas com sede na Paraíba. Na noite de ontem (12), o auditório do clássico Hotel Tambaú, em João Pessoa(PB), estava lotado de jornalistas, empresários e políticos que aplaudiram a Revista NORDESTE, ao receber o 1º lugar na categoria Jornalismo Impresso.

A matéria 'Órfãos de pais vivos', publicada na edição 84 da Revista NORDESTE, foi escrita pela própria editora da publicação, Rivânia Queiroz. "Feliz! Obrigada a equipe NORDESTE que tem acreditado no meu trabalho", agradeceu a jornalista.

Ela recebeu das mãos da desembargadora do Tribunal de Justiça da Paraíba, Maria de Fátima Morais Bezerra Cavalcanti, um troféu assinado pelo artista plástico Marcos Pinto, além de um prêmio de R$ 3 mil. “Fiz questão de fazer a entrega do prêmio, pois admiro muito o texto de Rivânia Queiroz”, disse a desembargadora.

A reportagem “Órfãos de Pais Vivos”, é a penúltima da série “Portas Entreabertas”, que conta a rotina de quem ainda vive na Colônia Getulio Vargas, em Bayeux. Nesta edição, a Revista NORDESTE mostra como foi a separação de pais e filhos em razão da política de isolamento compulsório para pessoas acometidas pela hanseníase no Brasil. A revista ainda está nas bancas.

E a Revista NORDESTE não para por aí. A publicação também concorre ao prêmio Criança.PB de Jornalismo 2013. A cerimônia de premiação acontece no próximo dia 18. “Depois deste prêmio, nosso objetivo é continuar com nossa responsabilidade: produzir nosso jornalismo com a qualidade crescente do Grupo WSCOM”, acrescentou a editora Rivânia Queiroz.
 

Rafael Oliveira / Redação

Notícias relacionadas