menu

Brasil

06/04/2017


Revista NORDESTE: O novo tempo da trajetória de Paulo Câmara

Governador percorre Sertão seguindo com o projeto de ‘prestação de contas’ gerando contato pessoal

No dia 23 de março o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) deu início a uma jornada pelo interior do estado.
Tocando o projeto Pernambuco em ação ele visitou diversas cidades do sertão ao longo dos dias 23, 24 e 25. Inicialmente, o projeto estava sendo tratado como uma reedição do programa Todos por Pernambuco, que foi realizado no início das gestões Eduardo Campos e Paulo Câmara. Depois, o nome do projeto mudou para Pernambuco Aqui e posteriormente Pernambuco em Ação.

O primeiro município visitado por Câmara foi Afogados da Ingazeira, no dia 23, cidade do Sertão do Pajeú distante 380 km do Recife. Na cidade foi anunciado o Edital de Seleção de uma Organização Social (OS) para assumir a administração do Hospital Regional Emília Câmara, visando garantir a excelência no atendimento à população. Também foi inaugurada a reforma e ampliação da Escola Municipal Domingos Teotônio (FEM) e a estrada de Albuquerque NÉ. 

O Governo pernambucano também anunciou o reforço de R$ 2,4 milhões para Hospital no Sertão do Pajeú, unidade, que atende seis cidades da Região. O repasse vai triplicar a quantidade de partos realizados, passando dos atuais 200 por ano para mais de 600 anualmente. A unidade é referência para os municípios de São José do Egito, Brejinho, Itapetim, Tabira, Tuparetama e Santa Terezinha nas especialidades de obstetrícia, pediatria, cirurgia geral e clínica médica. 

O governador explicou que estava assinando dois protocolos importantes. “Uma ação terá o investimento de R$ 2,4 milhões para o hospital de São José do Egito. A outra será a mudança de gestão do hospital que se tornou referência na assistência materno-infantil. Pernambuco já aplicou essa medida em outras instituições e o resultado tem sido muito positivo para a população", frisou o secretário de Saúde, Iran Costa.
 

“Não me preocupo com Oposição” 

Fez parte da agenda do socialista ainda no dia 23 o município de Serra Talhada. Paulo Câmara aproveitou para visitar o terreno onde será construído o Hospital Regional do Sertão. A nova unidade terá investimento de R$ 35 milhões e capacidade para realizar 462 internamentos/mês. A previsão é de que as obras tenham início em janeiro de 2018 e sua finalização aconteça em dezembro do mesmo ano. “Vamos buscar ampliar o serviço e, ao mesmo tempo, ter na região uma unidade de referência, diminuindo a distância entre os serviços médicos ofertados no Estado, principalmente nos atendimentos de urgência e emergência. O intuito de construir aqui, em Serra Talhada, foi estratégico pela sua posição geográfica, pela consolidação de um polo médico que já existe. Ele será fundamental para melhorar a qualidade do serviço público de saúde e atender uma demanda que hoje existe”, pontuou o governador.

A estrutura vai contemplar cinco salas de cirurgia, 60 leitos de internamento e dez leitos de UTI, com possibilidade de expansão para um total de 120 leitos de internamento e 20 leitos de UTI. Ao todo, serão 8 mil metros quadrados de área construída, com possibilidade de expansão para 12 mil. O atendimento ambulatorial contará com as especialidades de traumato-ortopedia, clínicas geral, cardiológica, neurológica e cirurgia geral.

Além de Serra Talhada, o HGS abrange os municípios de Betânia, Calumbi, Carnaubeira da Penha, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, e Triunfo. O que representa uma população de mais de 236 mil habitantes, que serão beneficiados com o funcionamento do novo hospital.
Vicinal PE-366

À noite, ainda no dia 23, Câmara visitou o distrito de Fátima, no município de Flores, no Sertão do Pajeú, junto com comitiva para a solenidade de inauguração da vicinal PE-366. As obras de implantação e pavimentação contam com 12 km de extensão, partindo do entroncamento com a PE-337, em Sítio dos Nunes, até o distrito contemplado. Ao todo, foram investidos R$ 7,5 milhões na construção da estrutura, recursos oriundos do Fundo Rodoviário Estadual (Furpe).

Paulo aproveitou a visita ao município ainda para inaugurar, a nova sede da Escola Estadual Dário Gomes de Lima, também localizada no distrito de Fátima. A unidade, que é considerada a melhor da Rede Estadual de Ensino, ganhou um novo prédio em 2012 e foi destaque no resultado do IDEPE 2015, com médias 7.2, no ensino médio, e 5.9, no Ensino Fundamental. Atualmente, estão matriculados 587 estudantes dos ensinos fundamental e médio, moradores do distrito e da cidade em geral. O investimento total para a construção da nova unidade de ensino foi na ordem de R$ 2,5 milhões.

Outras cidades

Nos dia 24 foi a vez de Petrolândia, no Sertão de Itaparica receber o socialista. No dia 25, Paulo Câmara encerrou a primeira etapa do Pernambuco em Ação com uma plenária em Arcoverde e a inauguração de uma Escola Técnica Estadual em Buíque, ambas cidades do Sertão do Moxotó.
Por meio da secretaria de Habitação, o Estado doou um terreno de 12 hectares, da Fazenda Vencedora e/ou Fazenda Passagem de Pedra, localizadas às margens da BR-232, no valor de R$ 1,2 milhão. Ao todo, 1.000 famílias, de cinco entidades diferentes, serão beneficiadas. São elas o Movimento dos Sem Teto de Arcoverde, Movimento União Estadual de Moradias Populares, Movimento pró-Arcoverde, Movimento Nacional de Luta Pela Moradia e Organização e Luta dos Movimentos Populares de Pernambuco. Ainda de acordo com o governo estadual, foram liberados R$ 123 milhões para as regiões do Pajeú, Itaparica e Moxotó direcionados para áreas sócio-econômicas. 

AGENDA PRIVILEGIA ALIADOS 

A agenda foi uma prestação de contas das gestão de Câmara, sem deixar de visar uma possível reeleição do socialista no ano que vem. Por isso mesmo foram escolhidas cidades comandadas por aliados. O tom das reuniões foi em geral elogioso por parte dos anfitriões e população, ressaltando a aliança com o governador. Mas não foi isento de cobranças. Estudantes da UPE de Arcoverde cobraram melhorias na universidade, conseguindo marcar uma reunião com o mandatário no Palácio do Campo das Princesas. Os prefeitos das cidades de Petrolândia, Ricardo Rodolfo (PR), e de Floresta, Ricardo Ferraz (PRP), e o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD), aproveitaram a oportunidade para pedir reforços na segurança. "No que diz respeito ao Sertão de Itaparica, é preciso que a gente crie um batalhão de polícia. A gente hoje tem duas companhias de polícia, de Petrolândia e de Belém do São Francisco. Itaparica é a única microrregião do Estado que não possui batalhão. Isso é urgente", informou Rodrigo Novaes.
Ainda na cidade, Câmara disse não se preocupar com a movimentação da oposição com o projeto Pernambuco sem Ação, que percorre o interior do estado. "Estou fazendo o meu trabalho independente da oposição achar bom ou achar ruim. Talvez a gente faça viagens mais pontuais, indo a município por município. Às vezes, ficam mais extensas as viagens, mas é necessário porque cada cidade tem suas peculiaridades”. Ao fim do primeiro ciclo do Pernambuco em Ação, o socialista deu sua avaliação: "É um balanço que a gente entende como positivo. Há necessidade de estar presente nos municípios, conversando com as pessoas. São momentos como esses que fazem a diferença na priorização das agendas e das ações e na busca de resolução de problemas. A gente tem que estar muito junto", afirmou. 

Notícias relacionadas