menu

Paraíba

04/04/2017


Ricardo anuncia superávit de R$ 20 milhões da Cagepa e descarta privatização

O governador Ricardo Coutinho, durante entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (4), no Palácio da Redenção, anunciou que não irá privatizar a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), para a loucura dos vários funcionários da entidade presentes no salão nobre.

“O governo não vai privatizar a Companhia de Águas e Esgoto da Paraíba. Essa questão não é de ser estatizada ou estatizante. O que quero dizer é que a empresa, além de ser estatal, tem que ter capacidade de atender a população”, comentou.

O gestor afirmou, ainda, que nem sempre vender as empresas estaduais resolvem o problema.

“A venda muitas vezes não é solução para crise, pois vende, pega o dinheiro e paga, mas depois voltar os mesmos problemas financeiros. É preciso mudar a filosofia de gestão, com união e empenho de todos da companhia. A empresa pública tem que ser rentável e eficiente”, afirmou.

Ricardo ressaltou ainda a importância da Cagepa e a gestão de seu governo para com a estatal. Segundo o gestor, a empresa faturou R$ 240 milhões em 2016, sendo R$ 20 milhões de superávit e R$ 320 foram investidos em obras na Cagepa.

“A Cagepa é o maior patrimônio na Paraíba. Vale mais de R$ 1 bilhão por baixo. Atendemos dois milhões e 800 mil pessoas, em 195 municípios. Se eu agisse como outros gestores, ela já estaria fechada, mas tenho responsabilidade tarifária. Equilibrei os custos da empresa, nunca brinquei com essa questão de responsabilidade tarifária. Pelo contrário, levei pancada por elevar as tarifas. Temos a consciência que a empresa melhorou muito. Tinha mais de 400 cargos comissionados, hoje tem cerca de 90. Em 2016, teve superávit de quase 20 milhões pela primeira vez na história”, citou.

WSCOM

Notícias relacionadas