menu

Paraíba

15/06/2016


Ricardo Coutinho: ‘quem votou pelo impeachment comprou gato por lebre’

“Quem golpeia a democracia pagará depois e o Brasil precisa muito da humildade e compreensão do nosso povo. O povo que votou a favor do impeachment comprou gato por lebre, as pessoas estão vendo agora que foram apenas usadas para o privilégio de alguns poucos no poder. Mas mais do que resistir nós temos que avançar. A democracia ainda é o nosso principal instrumento”, foi o que afirmou o governador Ricardo Coutinho (PSB), durante discurso, nesta quarta-feira (15), na audiência pública da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), que trouxe a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), à João Pessoa, para debater a construção da democracia e o atual momento político brasileiro.

Na oportunidade, Ricardo Coutinho abordou a retirada dos recursos, feita pelo presidente interino Michel Temer, para o término do Viaduto do Geisel. A obra já está 70% concluída. “Escolher um Estado pequeno como a Paraíba para perseguir e retirar o dinheiro de uma obra não é um ato contra a minha pessoa, é contra o povo da Paraíba. É uma pessoa que não teve um único voto legítimo e está governando o Brasil, num processo injurioso contra o povo”, lembrou.

Ricardo falou também sobre o governo interino de Michel Temer ter barrado os deslocamentos de Dilma pelo Brasil em voo da FAB. “É muita mesquinharia. Mas a presidente me disse pessoalmente, 'Ricardo eu vou à Paraíba nem que seja à cavalo, mas vou chegar aí'. Portanto, esta é uma data histórica para a política da Paraíba e é muito importante que a gente tenha percepção do que está acontecendo no país, quem está governando o país”, ressaltou.

O governador falou também sobre a elite brasileira e destacou que Brasília mudou sua sociologia de poder a partir do Partido dos Trabalhadores.

“É um profundo ódio disseminado pela pequena elite brasileira que jamais aceitou que Brasília pudesse ter mulheres guerreiras, negros, militantes LGBT, entre tantos. Brasília hoje mudou a sociologia de poder. Mas como o governo golpista, o povo foi expulso de Brasília, os interesses do povo foram tirados”, ressaltou.

Sobre as obras da transposição, Ricardo afirmou ainda que Dilma é a responsável pela maior obra já feita para o Nordeste, que é a transposição do Rio São Francisco. “A obra já está 90% pronta e não pode parar. As cidades da Paraíba precisam muito desse abastecimento. Faço um apelo à Assembleia Legislativa que visite a obra, não podemos ter nenhuma diminuição de contigente. A obra tem que andar e a senhora, presidente Dilma, vai inaugurar a obra no final do ano aqui no Estado”, frisou. 

WSCOM

Notícias relacionadas