menu

Brasil

13/02/2016


Ricardo e Cartaxo se unem a ministro em dia de combate ao mosquito

Teve início na manhã deste sábado (13), a mobilização de combate ao mosquito Aedes Aegypti na Paraíba. Em João Pessoa, o ministro do Turismo, Henrique Alves, iniciou a campanha junto ao governador Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo, no bairro de Mangabeira.

 

Durante todo o dia, serão realizadas visitas a estabelecimentos públicos, além das visitas a residências, acompanhadas por agente de saúde ou militar capacitado. As equipes participarão também de eventos organizados pelas prefeituras, além de entrevistas coletivas com a imprensa local e regional.

 

A programação oficial teve início às 7h, com a saída dos militares no Grupamento de Engenharia, em João Pessoa, onde esteve o general Dantas representante do Exército na Paraíba, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, representando a presidente Dilma Rousseff, a secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, além do secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio. Às 10h, o governador Ricardo Coutinho e secretários do governo participarão da ação na Praça do Coqueiral, em Mangabeira.

 

Já no município do Conde, a abertura será às 9h, na Praça Dom Pedro Alves, com a presença de representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Segundo a gerente executiva de Vigilância em Saúde, Renata Nóbrega, o município do Conde foi escolhido para a abertura oficial no estado por ser o local com maior número de casos confirmados de microcefalia relacionada ao vírus zika (3).

 

Participam da ação em todo o estado mais de 2000 pessoas, entre soldados do Exército, Bombeiros, Escoteiros, Polícia Militar e Infraero. O Governo do Estado está disponibilizando aos municípios a logística de material educativo, além de 2125 kits para os Agentes de Combate a Endemias. Cada agente, por meio do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, vai receber um kit de trabalho com bolsa, caneta, lápis, lanterna, peneira, prancheta, camiseta, boné, protetor solar, repelente e trena.

A gerente executiva de Vigilância em Saúde ressaltou a importância de todos estarem envolvidos no combate ao mosquito. “Não só a SES ou as Secretarias Municipais de Saúde, mas todos devem se mobilizar contra o Aedes. Além da própria população, as Secretarias Municipais, a exemplo da Secretaria de Infraestrutura, de Educação, devem se envolver nas ações, cada uma enfrentando o mosquito de acordo com sua potencialidade”, disse.

A secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, ressaltou que o ‘Dia D’ é importante por mobilizar todos ao mesmo tempo, mas deve-se lembrar que o trabalho contra o mosquito deve ser realizado diariamente. Além disso, os municípios devem dar continuidade às suas ações.

Campina Grande

Em Campina Grande, a mobilização contará com a participação de profissionais da 3ª Gerência Regional de Saúde (GRS), Agentes de Combate às Endemias do município e soldados do Exército, que estarão realizando atividades durante todo o dia em áreas centrais e bairros da cidade.

De acordo com a programação elaborada em conjunto, a ação será realizada no horário da manhã em locais de grande concentração de pessoas, com distribuição de panfletos e a conscientização da população em relação aos cuidados que ela deve ter nas suas residências para impedir a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

Os locais escolhidos para a mobilização foram o cruzamento da avenida Floriano Peixoto com Venâncio Neiva (antigo posto Futurama), Parque da Criança, Terminal de Integração e avenida Juscelino Kubistcheck, além da Feira Central e antigo Terminal Rodoviário. Estes dois últimos locais foram escolhidos por terem grande movimentação também de pessoas de municípios circunvizinhos, conforme explicou a gerente da 3ª GRS, Tatiana Medeiros. Os outros 41 municípios que integram a 3ª GRS também estarão realizando atividades neste sábado.

No horário da tarde, serão realizadas visitas domiciliares nos bairros da Conceição, Palmeira, Alto Branco, Estação Velha, Liberdade, São José, Jardim Paulistano, Prata, Catolé e também no centro da cidade. As visitas feitas neste horário, quando também será feita a entrega de material informativo sobre como evitar que mosquito faça mais vítimas, pretendem chegar até aquelas pessoas que trabalham durante a semana e dificilmente são encontradas em suas residências.

O Dia Nacional de Mobilização para o Combate ao Aedes aegypti pretende atingir o maior número de pessoas possível, além das atividades que já estão sendo realizadas de forma rotineira, inclusive com a presença dos soldados do Exército. Além do 31º BIMTz, da 3ª GRS e dos Agentes de Combates às Endemias do município, estão se engajando na programação os bombeiros militares, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Defesa Civil, Detran, Terminal Rodoviário de Passageiros, escolas, shoppings e grupos de escoteiros.

Notícias relacionadas