menu

Rio Grande do Norte

19/06/2015


Rodoviários aprovam greve a partir de segunda

Em assembleia geral realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Rio Grande do Norte (Sintro/RN), ontem (18), os rodoviários aprovaram indicativo de greve, decidindo "cruzar os braços" partir da próxima segunda-feira (22). A decisão ocorre em meio ao anúncio de que o setor empresarial pleteia aumento na tarifa de transporte.

A principal reivindicação de motoristas e cobradores é relacionada ao aumento salarial da data-base. “Os empresários só querem ceder 5% de aumento e o mínimo que nós aceitaremos é 10%. Nós também reivindicamos o vale-alimentação e o cumprimento da súmula 146", destaca o presidente do Sintro/RN, Júnior Rodoviário. O sindicalista explica ainda que a súmula em questão garante que “quem trabalha domingos e feriados tem pagamento em dobro, sem prejuízo da folga remunerada. Trabalhadores do comércio recebem em dobro quando trabalham aos domingos. Nós trabalhamos e temos direito a receber, só que eles não pagam".

Após a assembleia em que foi aprovado o indicativo de greve, os trabalhadores em transporte rodoviário promoveram uma caminhada de protesto pela avenida Rio Branco, no Centro de Natal, o que provocou lentidão ao trânsito no local por quase uma hora. “Realizamos caminhadas como essa para avisar à população e ninguém dizer que foi pego de surpresa. Manifestações assim também estão programadas para ocorrer, nos bairros da Ribeira e do Alecrim", declarou Júnior Rodoviário.

Hoje (19), representantes do Sindicato vão à Delegacia Regional do Trabalho (DRT) para entregar a ata da greve. Com a paralisação, apenas a frota de emergência deverá circular em Natal, ou seja, somente 30% dos ônibus. “Esperamos que a STTU e o prefeito entendam. Os patrões têm que ceder. Toda a população está cansada de sofrer", pontua Júnior.

Tribuna do Norte

Notícias relacionadas