menu

Sergipe

23/04/2015


Rogério confirma: PT terá candidato em Aracaju

O presidente estadual do PT, Rogério Carvalho, afirmou ontem que Aracaju vive “um cenário de antigoverno”. “Vivemos, sob a gestão do prefeito João Alves Filho, a ausência total e absoluta de governo. É a gestão de uma só obra, a orlinha do Bairro 13 de Julho, mas sem qualquer ação ou investimento na periferia da cidade. Os bairros populares, onde está a maior parte da população, estão abandonados”, denunciou. Ele também voltou a classificar o programa “Pró-Mulher”, que realiza mutirão de exames nos bairros, como “eleitoreiro”.

“É por causa disso que o PT tem que participar da disputa eleitoral do próximo ano na capital. Teremos candidatura própria. Estamos avaliando e discutindo, pois Aracaju vive um cenário de antigoverno que precisa ser mudado”, ressaltou Rogério Carvalho, em entrevista à Rádio 103 FM. Para ele, o prefeito João Alves Filho (DEM) “não tem projeto para os mais pobres e para os que mais necessitam”.
“Há dificuldades no transporte público, os ônibus são lotados, não chegam no horário. Cadê os investimentos em mobilidade? Só vemos um debate sobre a empresa que irá coletar o lixo. Há mais interesse nas atividades meio do que na atividade fim. A Saúde de Aracaju piorou. Eu deixei a prefeitura com Déda em março de 2006. Quero saber o que foi feito neste período? Quantas obras foram entregues pelo atual prefeito? O que foi feito por este prefeito para ampliar a oferta de serviços ou contratar serviços novos? Quantas equipes de saúde da família foram implantadas? Quantos concursos foram realizados por este prefeito? A população de Aracaju reclamava antes porque demorava até 90 dias para realizar um exame, agora essa mesma população perdeu a esperança de ter acesso. Hoje a população reclama mais porque não tem quem ouça ou dê atenção”, afirmou.

Pró-Mulher
Ao falar do Pró-Mulher, o ex-deputado federal do PT disse que o programa tem fins eleitoreiros. Segundo ele, a efetivação do programa deve fazer com que a senadora Maria do Carmo (DEM) se afaste do Congresso para cumprir acordos eleitorais. “Ao reativar o Pró-Mulher, Maria do Carmo vai coordenar, vem de Brasília e abre espaço para o suplente assumir”, disse. Rogério Carvalho diz que “não há sentido” criar um programa itinerante de saúde quando já existem unidades de saúde da família em todos os bairros.

Mais uma edição
Ontem, a Prefeitura de Aracaju anunciou mais uma edição do Pró-Mulher na capital, para o final de semana. A iniciativa será realizada no próximo sábado, na Escola Municipal de Educação Infantil Professora Rachel Côrtes Rollemberg, localizada no Conjunto Agamenon Magalhães, Bairro José Conrado de Araújo. A partir das 6h, as mulheres da comunidade terão acesso a exames preventivos, palestras sobre a saúde da mulher, cuidado com o corpo e outras ações que contribuem para a prevenção do câncer de colo do útero. Nesta oitava edição, haverá também vacinação contra o HPV. Apenas o exame transvaginal não ocorrerá.

Jornal da Cidade 

Notícias relacionadas