menu

Brasil

02/06/2014


Ronaldinho rebate Ricardo: “Não respeita os vivos e nem os mortos”

Paraíba

O vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB), não deixou barato a declaração do governador Ricardo Coutinho (PSB), em resposta ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na manhã desta segunda-feira (2).

Em seu perfil, no Facebook, Ronaldinho lamentou as palavras de Ricardo e disse que o governador não respeita a memória daquele que um dia ele precisou do apoio político, que foi o ex-governador Ronaldo Cunha Lima (In memoriam).

“Ricardo não respeita nem a memória do meu pai, a quem ele foi pedir apoio quando precisou. Não respeita os vivos e não respeita os mortos”, postou Ronaldo Filho.

Na manhã desta segunda-feira, o governador Ricardo Coutinho lamentou o pronunciamento do senador Cássio Cunha Lima, que durante encontro do PSDC, em Campina Grande, afirmou que a Paraíba precisa de um governante que saiba dialogar com todos os setores da sociedade e não que sempre priorize brigas e desentendimentos em detrimento ao diálogo. “Se Ricardo quiser brigar com alguém, que brigue comigo que sou senador e posso me defender”, teria dito o senador.

Em resposta, o governador afirmou: “Meu discurso sempre foi na base das ideias. Minha única arma foram às ideias. Não preciso usar pistola, eu nunca atirei em ninguém para resolver minha pendências, isso está distante da minha personalidade”, provocou, fazendo uma referência clara ao episódio em que o então governador Ronaldo Cunha Lima atirou no ex-governador Tarcísio Burity. 

Notícias relacionadas