menu

Brasil

19/11/2019


Rosa Freire D’aguiar lança livro sobre Celso Furtado e revela: Petrobras desbatiza termelétricas com nomes de brasileiros com perfil à esquerda

Por Walter Santos

EXCLUSIVO – A escritora Rosa Freire D’aguiar, viúva do renomado economista Celso Furtado, lançou nesta segunda-feira à noite o mais novo livro “Diários Intermitentes” na Academia Paraibana de Letras abrigando reflexões do presidente Damião Ramos Cavalcanti e dos professores Romulo Polari e José Octávio de Arruda Melo sobre as bases da obra do homenageado.

Com auditório lotado, a autora fez uma sintese dos diários colecionados ao longo dos anos em sua residência no Rio de Janeiro.

Antes da sessão de lancamento e assinatura de autógragos, Rosa Freire D’aguiar fez uma revelação surpreendente, segundo a qual a Petrobrás tomara a decisão de desbatizar os nomes de termelétricas no País por perfil à esquerda de autores nacionais, a exemplo de Celso Furtado, Mário Lago, etc.

– Ao que parece, o Brasil vive momento de exceção com Petrobras tomando decisão estranha ao rebatizar a nomeação de nomes dados às termelétricas por critérios e questões ideológicas- frisou.

Rosa Freire D’aguiar participa nesta terça-feira de atividades com a reitora da UFPB, Margareth Diniz, e amanhã de lançamento do livro da economista Zelia Almeida, na Fundação Casa de José Américo.

Notícias relacionadas