menu

Brasil

19/11/2013


Rússia libera brasileira ativista do Greenpeace

INTERNACIONAL

A justiça russa liberou nesta terça-feira (19) a brasileira Ana Paula Maciel, militante do Greenpeace que foi detida durante uma ação do grupo no Oceano Ártico em setembro deste ano. Segundo um anúncio da ONG no Twitter, Paula foi solta após o pagamento de fiança. Ela é a primeira ativista estrangeira libertada dos 30 militantes que foram detidos na ação.

"Ana Paula Alminhana Maciel será liberada por meio de fiança, segundo o tribunal de São Petersburgo", anunciou o Greenpeace na rede social. "É a primeira não russa", completaram.

Na segunda-feira (18), a Rússia libertou três russos também por meio de fiança de 45 mil euros: o porta-voz Andrei Allakhverdov, a médica Ekaterina Zaspa e o fotógrafo Denis Siniakov. A justiça do país também decidiu prolongar por mais três meses a detenção do australiano Colin Russell. (Edgar Maciel, com informações da Dow Jones Newswires e Associated Press)

 

iG

Notícias relacionadas