menu

Brasil

04/08/2016


Sabatella: Tem gente que quer exercer a cultura da violência

A atriz Letícia Sabatella disse lamentar o que ocorreu no último domingo em Curitiba, quando ela foi agredida verbalmente por manifestantes que protestavam contra o governo da presidente Dilma Rousseff. Ela foi chamada de "puta", "sem-vergonha" e outros nomes apenas por se posicionar contra o golpe.

"Eu sinto pelo que aconteceu por todos os envolvidos, sinceramente. Porque eu sei que os sentimentos que foram fomentados ali foram fomentados na massa, como se você tivesse mascarado e o anonimato fizesse você entrar numa sombra coletiva, como a internet", declarou Letícia, em entrevista à revista CartaCapital publicada no Facebook.

Ela diz, porém, que "tem pessoas que querem realmente exercer essa cultura da violência, querem xingar, querem matar". A atriz disse ainda não estar "lutando pelo governo da Dilma, mas pela manutenção do direito cidadão de todos os brasileiros". "O trabalhador está perdendo com isso", completou.

Notícias relacionadas