menu

Pernambuco

23/11/2016


Seca prolongada causa prejuízo de R$ 103 milhões, diz estudo

Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) aponta que entre 2013 e 2015 a seca que assola a Região Nordeste provocou prejuízos da ordem de R$ 103,5 bilhões. Segundo o levantamento, que utiliza dados do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres, a estiagem afeta 33,4 milhões de pessoas que moram na região do semiárido.

Ainda segundo o estudo, os danos causados pela seca equivalem a 60% de todos os prejuízos provocados por desastres naturais em todo o país durante o período chegaram a R$ 173,5 bilhões.

O levantamento, porém, destaca que parte dos prejuízos foi registrado no Sudeste, entre 2014 e 2015, quando a região enfrentou uma severa crise hídrica. Ali, o prejuízo foi avaliado em cerca de R$ 32,5 bilhões.

Ainda conforme o levantamento, a agricultura foi o setor produtivo mais afetado pela estiagem, com um prejuízo de R$ R$ 74,5 bilhões. Outros R$ 20,4 bilhões foram registrado no setor de pecuária enquanto o restante do prejuízo foi apontado pela indústria e pelo poder público.

Notícias relacionadas