menu

Rio Grande do Norte

27/11/2015


Secretaria confirma que seis apenados fugiram de penitenciária Alcaçuz

Seis presos conseguiram escapar da penitenciária estadual de Alcaçuz, na noite de quinta-feira (26) em Nisia Floresta, no Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada no fim da manhã desta sexta-feira (27) pelo coordenador da Administração Penitenciária, Durval Franco. Os seis apenados estavam custodiados no pavilhão 2 da unidade.
 

Na noite de ontem havia a confirmação de que três internos teriam fugido através de um túnel. Durante a saída guariteiros chegaram a observar o deslocamento dos detentos e chegaram a atirar, mas não acertaram os fugitivos. Agentes penitenciários e policiais iniciaram as buscas instantes depois. Carros foram vistos circulando nos arredores do presídio e teriam dado cobertura aos fugitivos. Ao avistarem um dos veículos, policiais e ocupantes trocaram tiros.

Pela manhã, o Grupo de Operações Especiais dos agentes penitenciários (GOE) e o Batalhão de Choque da Polícia Militar adentraram a penitenciária e realizaram a recontagem dos detentos. Foi necessário o uso de bombas de efeito moral durante a ação junto aos apenados.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), os fugitivos são José Carlos Firmino Varela, Adriano da Conceição, Rivanildo Pereira Medeiros, Antônio Fernandes de Oliveira, Thiago da Silva Bento e Wilson Rodrigues de Medeiros Filho.

A Polícia está em diligência para buscar os fugitivos. Ainda não foram divulgadas fotos dos apenados que conseguiram escapar.

Recuperação

A Coordenação da Administração Penitenciária (Coape) disse que BPChoque e GOE permanecerão dentro da unidade durante o período do fechamento emergencial do túnel. Enquanto o trabalho para tapar o acesso transcorre, os presos permanecerão agrupados no pavilhão 2. "Não há para onde se levar", explicou Durval Franco. 

Notícias relacionadas