menu

Piauí

01/09/2016


Secretaria Nacional de Mulheres do PT divulga nota de apoio a Regina Sousa

Chamada de "anta" e "semi-analfabeta" pela jornalista Joice Hasselmann, ex-TVeja, a senadora piauiense Regina Sousa ganhou o apoio da Secretaria Nacional de Mulheres do PT. O grupo divulgou nota de desagravo, elogiando o trabalho da petista, e rechaçando as declarações feitas em um vídeo gravado durante a sessão de julgamento de Dilma Rousseff, no Senado Federal, enquanto a ex-presidente respondia pergunta de Regina.

"Letramento não é sinônimo de educação. Cor não é sinônimo de superioridade. Respeito é atitude que se aprende na vida. Ética é postura que se adota e se aplica em qualquer situação", inicia a nota, tratando sobre as agressões.

Ressaltando o "histórico de dignidade, honradez, senso de justiça e de muito trabalho e luta em defesa de uma sociedade mais justa e menos preconceituosa e conservadora", a nota diz ainda que as ofensas "desvairadas" da jornalista vão justamente contra tudo o que luta a senadora. "Preconceito, conservadorismo, ignorância, injustiça, desrespeito, falta de ética", segue.

O texto menciona ainda as suspeitas de plágio que recaem sobre Joice, ao tratar sobre ética: "um substantivo que não consta no dicionário da senhora Hasselmann, que ficou conhecida por plagiar reportagens de mais de 42 profissionais diferentes".

A secretaria diz ainda que não haveria de "perder tempo" com "tal vigura, se não fosse tão somente para manifestarmos todo o nosso respeito e apreço à Senadora Regina Sousa pela força".

Regina já disse que vai processar Joice Hasselmann.

180 Graus

Notícias relacionadas