menu

Brasil

07/02/2014


Seduc reúne dirigentes de escolas para discutir metas para educação

MARANHÃO

Dirigentes de escolas particulares, representantes do Fórum Estadual de Educação, do Conselho Estadual de Educação, Ministério Público, sindicatos e universidades participaram nesta quinta-feira (6), do 1º Encontro Interinstitucional de Educação do Maranhão, convocado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), com a finalidade discutir ações estratégicas para o setor no estado.

No evento, que aconteceu no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, no Calhau, em São Luís, os gestores educacionais discutiram as metas estabelecidas nos Planos Estadual e Nacional de Educação, bem como a colaboração entre os sistemas de ensino em prol da melhoria dos índices educacionais.

Ao ressaltar os objetivos da Seduc com realização pioneira do encontro, o secretário Pedro Fernandes destacou a importância da integração e diálogo entre as várias instituições que compõem a educação no estado. “Fico contente com ampla adesão da rede privada ao encontro, mostrando que há o desejo de todos em fortalecer a educação em nosso estado. É por meio da articulação e permanente diálogo entre os entes federados, instituições públicas e privadas e a sociedade civil que se alcançará a melhoria da qualidade do ensino e de seus índices”, afirmou Pedro Fernandes.

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Maranhão, Raimundo Figueiredo parabenizou a Seduc pela iniciativa do encontro, destacando a importância da integração da rede. “Educação é um compromisso de toda a sociedade, independente da rede a que estão vinculados os profissionais. É a primeira vez que é realizado um diálogo nesse sentido e isso deve ser ampliado, uma vez que a melhoria da qualidade e dos índices educacionais é uma meta de todos”, enfatizou.

O titular da Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Educação, Paulo Avelar ressaltou a contribuição do evento na busca pela melhoria de todas as redes e sistemas de ensino do estado. “É importante que se estabeleça essa discussão entre as redes pública e privada, no sentido de estabelecer a melhoria das condições de ensino e aprendizagem no estado. O Ministério Público já tem buscado essa parceria, realizando nos últimos anos ações e campanhas junto às redes estadual, municipais e privada do estado”, frisou Avelar.

A adjunta de ensino da Seduc, Leuzinete Pereira apresentou um resumo das ações desenvolvidas pela secretaria, dando destaque à implantação das diretrizes curriculares da Rede Pública Estadual, que compõem as ações da Seduc em prol da melhoria da educação. “A implantação das diretrizes curriculares é uma das maiores conquistas da educação pública maranhense, ao definir padrões mínimos de ensino a todas as 1233 escolas da rede estadual, baseadas na unidade, equidade e qualidade da oferta a todos os estudantes maranhenses”, ressaltou.

Durante o evento também foram abordadas questões relacionadas a avaliações nacionais, índices educacionais do Maranhão, programas e ações para melhorar o sistema de educação.

Notícias relacionadas