menu

Brasil

12/01/2016


Sem entregar plano de emergência, Samarco ganha multa de R$ 1 milhão

A partir desta terça-feira (12), a Samarco começou a ser multada em R$ 1 milhão por dia por não apresentar o plano emergencial que evite um possível rompimento das barragens Germano e Santarém, em Mariana, na região Central de Minas.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a empresa tinha até essa segunda-feira (11) para apresentar o estudo, o que não foi feito.

Essa é a segunda vez que a Samarco descumprir o prazo, já que no dia 4 de dezembro, um dia antes de completar um mês da tragédia com a barragem de Fundão, em Bento Rodrigues, o plano emergencial também não foi apresentado.

Por meio de nota, nesta terça, a empresa informou que o novo estudo de emergência de barragens, contratado junto a uma consultoria especializada, já está com a empresa e técnicos já revisam o documento para entregá-lo aos órgãos competentes o mais breve possível.

O Tempo 

Notícias relacionadas