menu

Sergipe

27/05/2015


Senado homenageia Albano Franco com diploma

O Senado homenageou ontem cinco empresários brasileiros de destaque no setor industrial com a entrega do Diploma José Ermírio de Moraes. Entre os agraciados estava o ex-governador do Estado, Albano Franco. Além dele, também receberam a homenagem Carlos Alberto Sicupira, Nevaldo Rocha, Armando Monteiro Filho e João Tenório.

“O que os distingue, a ponto de merecer as homenagens, é a capacidade de empreender, de identificar oportunidades, agregando valor a seu negócio, gerando empregos e colaborando para o desenvolvimento socioeconômico de nosso País. Todas essas virtudes podem ser resumidas na palavra empreendedorismo, que se constitui na força motriz do crescimento econômico. A cada ano, com esse diploma, estamos valorizando aqueles que creem na força do trabalho, na livre iniciativa e na determinação de ver o Brasil melhor”, disse o presidente do Senado, Renan Calheiros, que presidiu a sessão.
Renan elogiou Albano Franco (que também foi senador), que além da participação na economia de Sergipe atuou de forma intensa na política brasileira e na economia, sobretudo quando foi presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Carlos Alberto Sicupira, destacou Renan, é um dos líderes do setor industrial brasileiro no ramo de bebidas e criador da Fundação Educar, para fomentar o desenvolvimento de lideranças com a concessão de bolsas de estudo a jovens brasileiros. Já Nevaldo Rocha, criador e líder do Grupo Guararapes e dono das Lojas Riachuelo, tem mais de 270 lojas e emprega pelo menos 24 mil funcionários. O outro homenageado foi o ex-senador João Tenório, atuante na indústria sucroalcooleira de Alagoas.

Diploma
O senador Douglas Cintra (PTB-PE) é o presidente do Conselho do Diploma e um dos responsáveis pela organização da celebração e da escolha dos laureados. Segundo afirmou, o prêmio homenageia a memória do engenheiro, empresário, ministro da Agricultura e senador José Ermírio de Moraes, fundador do Grupo Votorantim e um modelo de espírito empreendedor e dedicação ao bem comum.
O diploma, acrescentou, sinaliza para a sociedade quais são os modelos de comportamento e atitudes vitoriosas que precisam ser disseminados e é um permanente lembrete aos legisladores quanto à responsabilidade de criar as condições institucionais facilitadoras de um clima de negócios mais favorável à realização dos sonhos, das esperanças e das capacidades empreendedoras dos brasileiros.

Jornal da Cidade 

Notícias relacionadas