menu

Alagoas

26/04/2017


SMTT registra mais de 28 mil infrações após instalação de pardais

A retomada da fiscalização eletrônica em avenidas da capital alagoana grande polêmica entre a população incomodou quem não costuma respeitar as leis de trânsito. E os denominados pardais comprovam que, mesmo com a infração “doendo no bolso”, parte dos condutores parece não se importar com as multas aplicadas em Maceió.

Segundo a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), desde que a fiscalização voltou a operar, em 20 de fevereiro, as infrações por excesso de velocidade e avanço de sinal vermelho cresceram significativamente.

Conforme o levantamento da SMTT, até o dia 20 de abril, foram registradas mais de 28.094 infrações nos 10 pontos em que há radares na capital. Nesses dois meses, foram 480 multas para avanço de sinal vermelho e 23.902 para veículos que trafegavam com a velocidade até 20% acima da permitida (60km/h na maioria dos trechos).

Já as infrações para velocidade entre 20% e 50% superior à permitida resultaram em 3.515 multa, com 197 condutores tendo sido flagrados trafegando com velocidade acima de 50%.

De acordo com o levantamento, no primeiro mês, quando apenas cinco pardais estavam em funcionamento – nas avenidas Fernandes Lima, Durval de Góes Monteiro e Álvaro Otacílio (próximo ao antigo Alagoinhas) -, a SMTT registrou 9.182 infrações, sendo 340 por avanço de sinal; 7.666 por velocidade até 20% acima do permitido; 1.116 por velocidade entre 20% a 50%; e 58 por velocidade acima de 50% do permitido na via.

A velocidade máxima permitida é de 50km/h apenas na Avenida Álvaro Otacílio. Já nos demais pontos de fiscalização eletrônica, o limite é de 60km/h.

No segundo mês, houve a implantação de mais cinco pontos de fiscalização eletrônica: além da Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro, passaram a funcionar os pardais das avenidas Afrânio Lages (Leste-oeste) e Menino Marcelo (Via Expressa). Nesse período, a SMTT registrou 18.912 infrações, representando um aumento de 105,9% de multas aplicadas em comparação com o mês anterior.

Para avanço de sinal, foram registradas 140 infrações, contra 16.236 para velocidade acima de 20% do permitido. Já 2.397 infrações foram registradas para velocidade entre 20% e 50% acima do limite, com 139 flagrantes de condutor que trafegava a velocidade acima de 50%.

Gazeta da Web

Notícias relacionadas