menu

Brasil

25/06/2014


Suárez estará fora da Copa caso Fifa mantenha rigor de casos de agressão

Copa do Mundo

Luís Suárez corre sério risco de não jogar mais na Copa do Mundo 2014. O atacante será investigado por supostamente ter mordido o zagueiro Giorgio Chiellini na vitória do Uruguai sobre a Itália por 1 a 0 na última terça-feira. Se a Fifa mantiver o rigor que adotou em casos anteriores de agressões dentro de campo, o camisa 9 estará fora do Mundial.

Luís Suárez corre sério risco de não jogar mais na Copa do Mundo 2014. O atacante será investigado por supostamente ter mordido o zagueiro Giorgio Chiellini na vitória do Uruguai sobre a Itália por 1 a 0 na última terça-feira. Se a Fifa mantiver o rigor que adotou em casos anteriores de agressões dentro de campo, o camisa 9 estará fora do Mundial.

Suárez foi flagrado pelas câmeras de transmissão da partida encostando a cabeça no ombro de Chiellini, que prontamente reagiu com uma cotovelada. Os dois atletas caíram no gramado e o árbitro mexicano Marco Rodríguez, sem ver nada, mandou o jogo seguir. Revoltado, o italiano mostrou insistentemente para o juiz e os adversários o que seria a marca de uma mordida.

Esta é a terceira vez que o atacante uruguaio é acusado por morder um rival dentro de campo. Na primeira, em 2010, defendia o holandês Ajax e foi suspenso por sete partidas depois de atingir Otman Bakka, do PSV, no pescoço. No ano passado, já atuando pelo Liverpool, pegou dez jogos de gancho depois de deixar uma dentada no braço de Ivanovic, do Chelsea.

Por meio do porta-voz Segolene Valentin, a Fifa afirmou que está aguardando os documentos oficiais do duelo entre Itália e Uruguai e que irá coletar o máximo de elementos necessários para avaliar o incidente entre Suárez e Chiellini. À agência de notícias AP, Jim Boyce, vice-presidente britânico da entidade que controla o futebol mundial, falou que assistiu ao lance diversas vezes na televisão.

“Não há dúvidas que Luís Suárez é um futebolista fantástico, mas, uma vez mais, suas ações o deixaram abertos receber críticas severas”, falou Boyce.

O Uruguai está nas oitavas de final da Copa do Mundo e terá a Colômbia pela frente no próximo sábado. Restando, no máximo, quatro compromissos até o final da competição, a chance de Suárez não entrar mais em campo é grande.

(do iG)

Notícias relacionadas