menu

Rio Grande do Norte

13/12/2017


Tecnologia favorece aprendizagem em escola de Natal

Espalhados sobre almofadas, puffs e bancos coloridos, os alunos têm olhos atentos às telas – da televisão, dos computadores e dos tablets. Na roda de conversa, mal dá para saber quem é o professor. Parece recreio, mas é hora de muito estudo. Tratam-se das aulas na primeira sala no formato Google do Rio Grande do Norte, em pleno funcionamento no Complexo Educacional Contemporâneo, instituição de ensino localizada em Natal.

A nova sala é resultado de uma parceria sólida estabelecida entre a escola e o Google for Education, ferramenta educacional já presente em 190 países que favorece a aprendizagem, dentro e fora da sala de aula. Nos espaços modernos e altamente conectados, uma dinâmica descontraída é proposta para estimular os estudos, envolvendo-os com o conteúdo didático por meio de recursos que ganham novidades constantemente. A mais recente foi o YouTube Studio, espaço para a produção de vídeos pelos próprios estudantes.

“Enxergamos o potencial de aprendizagem nesse ambiente diferente para o ensino. Mais importante que o uso da tecnologia, é a construção de um novo conceito de interação entre professores e estudantes, sem carteiras enfileiradas ou lousas e que vai além da sala de aula”, explica Irany Xavier de Andrade, diretora do Contemporâneo, que acreditou na capacidade do espaço de tornar temas ainda tidos como complexos em fáceis e acessíveis.

Considerada um bicho de sete cabeças por muitos alunos, a matemática tem conquistado nova imagem junto ao alunado com a novidade. Para o professor Roberto Sérgio, a sala no formato Google os aproxima da disciplina. “Podemos usar projeções multimídia, mapas virtuais, videoconferências e trabalhos coletivos, utilizando softwares de edição compartilhada de exercícios. Tudo para tornar os conteúdos mais atrativos”, justifica o professor.

A adesão do Contemporâneo ao Google for Education aconteceu ainda em 2016, quando a ferramenta começou a permitir a extensão da sala de aula na internet, dentro e fora da escola. “Todo o conteúdo está disponível antes mesmo que a aula aconteça e a realização dos exercícios permite que os estudantes tirem dúvidas em tempo real, mesmo quando estão em casa”, acrescenta Irany sobre a sala inovadora, aprovada tanto pelos alunos quanto pelos professores.

Tribuna do Norte

Notícias relacionadas