menu

Paraíba

29/01/2016


Temer defende união nacional para superar crise e reforça Manoel Jr em JP

Durante Encontro Estadual do PMDB, realizado nesta sexta-feira (29), em João Pessoa, o vice-presidente Michel Temer declarou apoio da executiva nacional do partido a candidatura própria de Manoel Jr na Capital. Ele ainda declarou que o partido lançará candidatura própria a presidência da república em 2018, mas que no momento o partido está focado em ajudar o governo a sair da crise.

Segundo Temer “o PMDB é um partido que tem responsabilidade com o país. Queremos trabalhar, ajudar o governo a sair dessa crise e sequencialmente em 2018 e ter candidato próprio”. Ele ainda ressaltou que o momento é de buscar a unidade nacional, que o partido tem uma força política “excepcional” para ajudar o país, e que já se acertou com a presidente Dilma Rousseff depois do episódio da carta, mantendo assim uma relação governamental muito adequada.

O vice-presidente da república, que visita diversos estados no país apoiando candidaturas locais e buscando fortificar seu nome para reeleição na executiva nacional, declarou que o nome de Manoel Jr deve ser prestigiado devido ao seu “belíssimo trabalho” na Câmara federal. Ele ainda pontificou que o deputado “honra a Paraíba, e faz um trabalho importantíssimo”.

Hugo Motta

Cotado para assumir a liderança do PMDB na Câmara dos deputados, Motta foi elogiado pelo vice-presidente da república. Segundo Temer, o deputado se mostrou um líder natural ao assumir responsabilidades, como na CPI da Petrobras. “Fez isso extremamente bem, apesar de ser jovem”, disse.

Temer salientou que o partido decidiu não interferir na posição de liderança da legenda na Câmara, e declarou que a relação de Hugo Motta com Eduardo Cunha não interfere na situação. “Ele é candidato por si próprio, a ligação dele com A, B ou C não interfere”, afirmou”.

WSCOM

Notícias relacionadas