menu

Política

24/02/2016


Tensão entre Dilma e PT chega a nível inédito: “é quase rompimento”

A proposta divulgada pelo governo de Dilma Rousseff na última sexta-feira de "reforma fiscal de longo prazo" elevou a tensão entre a presidente e o PT a níveis inéditos, segundo informações da colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo

Entre uma das propostas mais polêmicas, está a "suspensão de aumento real do salário mínimo" caso os gastos sejam elevados acima do limite relacionado ao crescimento do PIB. Frases como "é quase um rompimento explícito dela com o partido",  "Dilma atravessou o Rubicão"; "há um descasamento cada vez maior entre ela e o partido"; "a presidente está fazendo um movimento deliberado para sair do PT", foram ouvidas pela colunista (a primeira delas foi citada por um senador do PT).

Um dos críticos abertos do governo é o senador  Lindberg Farias (PT-RJ). Em artigo assinado em conjunto com o economista João Sicsú, ele afirmou que  o governo cede cada vez mais a "elites adeptas do neoliberalismo". O título do artigo é:  "O que éeacute; isso, Dilma?".

InfoMoney

InfoMoney atualiza Carteira para fevereiro; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

Notícias relacionadas