menu

Brasil

10/06/2016


Teori encaminha segundo processo contra Cunha para plenário

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki liberou para a análise do plenário da corte processo contra o deputado afastado e presidente suspenso da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O processo aponta que o peemedebista alimentou contas bancárias na Suíça com dinheiro desviado da Petrobras, pelo esquema investigado na Operação Lava Jato. O processo corre sob sigilo e o julgamento no tribunal está previsto inicialmente para o dia 23.

Cunha já é réu em ação que corre no Supremo pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado de receber ao menos 5 milhões de dólares em propina do esquema da Lava Jato.

Nesta segunda denúncia, ele é acusado de ter cometido os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A decisão de Teori foi tomada nesta quinta-feira 9, mesmo dia em que a mulher de Cunha, Cláudia Cruz, se tornou ré na Lava Jato.

Caso o STF acolha a denúncia, Cunha será transformado em réu pela segunda vez.

Notícias relacionadas