menu

Brasil

19/12/2013


Termina a avaliação do ônibus elétrico em Salvador

BAHIA

Após 15 dias percorrendo as ruas de Salvador chega ao fim os testes realizados no ônibus elétrico, projeto criado pelo secretário municipal da Cidade Sustentável, Ivanilson Gomes. O modal que foi avaliado pela população, serviu para reflexões acerca da qualidade de vida dos usuários, motoristas e cobradores.

Com os resultados da avaliação, na manhã de ontem o secretário recebeu empresários de transportes públicos, além dos técnicos da Build Your Dreams (BYD) para apresentar os resultados do período, com destaque para a relação entre investimento, economia de combustível e emissão de gases de efeito estufa. O evento aconteceu no Salão Esmeralda do Sheraton Hotel da Bahia.

Com capacidade para 80 passageiros, sendo 23 assentos ergonomicamente confortáveis, além de vaga específica para cadeirantes, o Eco-ônibus K9 da BYD possui 12.000 mm de comprimento e alcança a velocidade máxima de 70 km/h e uma bateria com autonomia de cerca de 250 km/h com um carregamento. Fabricado na China, o Eco-ônibus K9 possui piso baixo, não emite gases de efeito estufa e tem como uma de suas principais características ser um veículo silencioso.

Presente no evento, o gerente de negócios da BYD do Brasil, Bruno Zanetta, apresentou os resultados do período dos testes e afirmou que já esperava uma resposta positiva da população: “Já conhecemos a tecnologia e sabíamos que o K9 seria bem aceito. O legal dos testes foi o envolvimento da cidade, o envolvimento da prefeitura e a demonstração de que é viável uma alternativa limpa e sem emissão de gases, para o transporte público em Salvador”.

Entre as vantagens apresentadas, Zanetta afirmou que o K9 é um ônibus 100% elétrico que usa baterias estacionárias, não emite poluentes, o custo operacional e de manutenção é muito mais baixo em relação aos ônibus comuns, não tem ruídos, tem uma alto eficiência energética pelo fato de ter dois motores embutidos nas rodas traseiras e chega a ter uma eficiência energética a cerca de 75% a mais que um ônibus a Diesel: “O custo de energia elétrica por km rodado é cerca de R$ 0,70 de um ônibus a diesel, já o de um Eco-ônibus gira em torno de R$ 0,12. O principal resultado é que ao longo de 10 anos – geralmente este é o período de um contrato público para um ônibus – você tem uma economia em torno de 600 mil reais só de combustível”, garantiu.

iG Bahia 

Notícias relacionadas