menu

Ceará

09/06/2016


Tocha Olímpica deixa o Ceará nesta quinta em direção ao Piauí

Nesta manhã, a Tocha Olímpica inicia o último trecho do revezamento no Ceará pelo município de Massapê. A celebração da cidade acontecerá na Praça da Igreja Matriz. Em seguida, o símbolo das Olimpíadas segue para Granja, tendo como ponto de partida a Ponte Metálica, principal cartão-postal da cidade. A rota acaba na Praça de Eventos da Beira-Rio, com a presença de atletas e ex-atletas do município. O Centro de Cultura de Granja exibe uma exposição sobre os Jogos Olímpicos.

De Granja, a Tocha Olímpica segue para Camocim, onde vai percorrer a orla da cidade, com a celebração marcada para o mirante. Durante o trajeto, shows de capoeira, quadrilhas juninas e fanfarras.

Por último, a Tocha Olímpica passará em Barroquinha. O revezamento vai coincidir com a semana comemorativa do município, que terá a tocha Olímpica como tema, com concurso cultural e esportivo. Por fim, a Tocha Olímpica segue para o Piauí.

A jornada da Chama começou no dia 21 de abril, em Olímpia, na Grécia, cidade-­berço dos Jogos. Chegou em Brasília, no dia 3 de maio, para o início do revezamento, que termina em 5 de agosto, no Rio de Janeiro, no acendimento da pira olímpica na Cerimônia de Abertura dos Jogos.

Ontem, cinco cidades cearenses receberam o Revezamento da Tocha Olímpica: Caucaia, Itapajé, Irauçuba, Forquilha e Sobral. A Tocha Olímpica chegou ao Ceará na terça-feira e percorrendo, ao todo, 12 cidades, totalizando 800 quilômetros de percurso pelo Ceará antes de seguir para o Piauí, onde o trajeto começará por Parnaíba.

A passagem da Tocha Olímpica pelo Ceará também foi marcada por diversas manifestações de movimentos sociais que aproveitaram a oportunidade para realizar atos políticos denunciando o golpe, com cartazes e palavras de ordem de #ForaTemer.

Notícias relacionadas