menu

Ceará

12/08/2016


Todos os municípios cearenses têm gestores com contas rejeitadas

Todos as 184 cidades cearenses têm gesores públicos com contas desaprovadas nos últimos oito anos pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM-CE). O Tribunal entregou na manhã desta sexta-feira, 12, à Justiça Eleitoral a relação de prefeitos e gestores que tiveram suas contas rejeitadas pelo órgão nos últimos oito anos.

A lista já está disponível no site do TCM-CE, e contém o total de 4.368 prefeitos e gestores públicos relacionados a 9.276 processos com contas rejeitadas. Há, segundo informações do órgão, 252 nomes a mais em comparação com a última relação, divulgada em 2014, representando um aumento de 6,12% de gestores com contas desaprovadas.
Em todo o Estado, 1.750 prefeitos e gestores receberam, pelo órgão, nota de improbidade administrativa. O número equivale a mais de 40% dos processos. Só de prefeitos, há 105 que tiveram contas rejeitadas pelas Câmaras Municipais dos seus municípios.

Entre eles, Rommel Feijó, ex-prefeito de Barbalha, município da Região do Cariri. Segundo dados do TCM-CE, ele teve as contas do exercício de 2008 desaprovadas pela Câmara Municipal. Feijó voltará a se candidatar este ano à Prefeitura da Cidade pelo PSDB.

Na última quarta-feira, 10, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que os Tribunais de Contas não terão mais competência para julgar as contas de gestão dos prefeitos. A decisão pode fragilizar a Lei da Ficha Limpa.

Entrega da lista

Em ato de entrega da relação dos gestores municipais com contas desaprovadas ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-CE), o presidente do TCM Francisco Aguiar destacou os números. "A lista será atualizada com a decisão do Supremo. Se houver realmente alguma mudança que tivermos a obrigação de informar, estaremos encaminhando ao TRE", afirmou.

O Povo Online

Notícias relacionadas