menu

Brasil

17/12/2013


Tradição do Reisado é tema de espetáculo em Gravatá

PERNAMBUCO

Nesta sexta-feira (13), a cidade de Gravatá, Agreste de Pernambuco, recebeu a estreia do espetáculo A Festa dos Reis, peçaconcebida pelo renomado artista italiano Valerio Festi e que faz parte da programação do Ciclo Natalino do município, cujo encerramento está previsto para o dia 29 deste mês. As apresentações seguem neste sábado (14) e domingo (15), além dos próximos dias 20 e 21, sempre às 19h30, na Praça Chucre Mussa Zarzar. A entrada é gratuita.

 

A montagem tem como norte a tradição do reisado e é composta por artistas brasileiros e italianos, entre atores, dançarinos e acrobatas. De acordo com Manuela Derks, diretora do espetáculo, a ideia é resultado de uma fusão de tradições. “Dessa vez Valério Festi se inspirou no reisado, uma manifestação cultural muito querida pelos nordestinos, atrelada a história dos três reis magos. O que ele fez na verdade foi pegar uma tradição nordestina e misturar com uma natalina, com aquele toque do Studio Festi”, revelou Manuela ao LeiaJá.

“Nós trabalhamos muito pra fazer esta festa pro povo pernambucano. O sentimento é de gratidão, porque toda essa capacidade de surpreender causada pelo cenário, encenação, magia e coreografia que criamos não teria sentido sem a presença e participação do público”, agradeceu Valerio ao término da apresentação desta sexta (13).

O pano de fundo do roteiro de A Festa de Reis é o ano de 1888, época de efervescência na história do Brasil com a abolição da escravatura e proclamação da república. Durante o espetáculo são utilizados vários artifícios que prendem a atenção do público, com dançarinos flutuantes, performance na água e até Papai Noel. A trilha sonora é outro ponto que chama a atenção da platéia ao levar músicas de artistas pernambucanos como Lenine, Siba e Nação Zumbi.

O Studio Festi, empresa realizadora do espetáculo e que leva o sobrenome do seu fundador, levou a Gravatá nos dois anos anteriores espetáculos com temáticas natalinas. Em 2011, primeiro ano do projeto na cidade, o título da peça foi Sonhos da Pastorinha Diana e em 2012 deu sequência com A Luz do Mundo, que contou o nascimento de Jesus com elementos do Sertão nordestino.

Este ano, mesmo sendo algo novo no calendário de festividades da região, o evento recebeu investimentos de R$ 1,6 milhão, captados pela Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur) através da iniciativa privada e do Ministério da Cultura (MinC), pela Lei Rouanet.

Para Alberto Feitosa, secretário da Setur, o sentimento de quem tem feito o espetáculo acontece é de grande expectativa. “Trata-se de um dos mais importantes eventos do ciclo natalino de Pernambuco. Valério Festi sempre trouxe ao cidadão local apresentações de qualidade e a previsão este ano é que 120 mil pessoas venham assistir à peça em Gravatá. Eu não tenho dúvidas de que este é um evento consolidado no cenário festivo do Nordeste”, comemorou o secretário.

Davi Júnior, morador de Gravatá, 25 anos, se mostrou encantado com o espetáculo. “Pra mim essa é uma excelente oportunidade de lazer. Já é o terceiro ano que eu venho assistir às apresentações e hoje pra mim o Natal da cidade não tem sentido sem um momento como esse”, disse Davi.
 

iG Pernambuco

Notícias relacionadas