menu

Brasil

11/05/2014


Tucanos respondem ao PSB e ensaiam candidatura própria em Pernambuco

ELEIÇÕES 2014

O deputado estadual Daniel Coelho (PSDB-PE) afirmou que poderá ser candidato a governador ou senador por Pernambuco caso o PSB desista de apoiar o PSDB em Minas Gerais. "Todos os movimentos do PSDB estão em torno do projeto do Aécio [Neves]. Tenho me movimentado, não é a minha vontade essa candidatura [a governador ou senador], minha vontade seria disputar a eleição de deputado federal, mas estou à disposição", disse Coelho.

Segundo nota publicada neste sábado no jornal Folha de S.Paulo, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), pré-candidato à Presidência, estuda reavaliar a aliança com o PSDB em Minas Gerais.

Nesta semana, a ex-senadora Marina Silva, pré-candidata à vice-presidência na chapa de Eduardo Campos (PSB), declarou que o PSDB de Aécio Neves já entrou na disputa presidencial "com cheiro de derrota" no segundo turno.

Campos endossou a afirmação de Marina. "A análise da Marina é a visão de muitas pessoas. É um fato das últimas três eleições [o PSDB perder no segundo turno para presidente]", declarou.

"Isso é natural em uma disputa que está começando agora. Acho que isso foi uma reação do PSB no momento em que houve uma aceitação por parte da sociedade brasileira das propostas do Aécio. Isso fez com que o PSB repensasse suas estratégias", disse Coelho.
 

Notícias relacionadas