menu

Rio Grande do Norte

30/04/2015


Turismo do RN movimentará R$ 61 milhões no Dia do Trabalho

O impacto das primeiras e revolucionárias ações do Governo do Estado no turismo do Rio Grande do Norte já surte efeito. Segundo projeções do Ministério do Turismo, apenas no próximo feriado de sexta-feira (1) o Estado potiguar receberá 41,3 mil viajantes, correspondentes a uma movimentação econômica extra de R$ 61 milhões.

Para o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, esses dados refletem o trabalho realizado no início do atual Governo: “Trouxemos o superintendente da maior operadora de viagens da América Latina (CVC) já na primeira quinzena de janeiro. O decreto da desoneração do QAV veio em fevereiro. Em março anunciamos recuperação de voos para nosso Estado, e em abril fomos o destaque na Aviesp, onde inclusive pela primeira vez um governador de estado se fez presente”.

Ruy Gaspar lembra que, fruto dessa reaproximação com a CVC veio a promessa do superintendente Valter Patriani de 50 mil turistas adicionais: “Veja que já temos concretizada 2 voos anuais fretados pela CVC com as companhias aéreas Gol e Azul, de campinas (SP) e Belo Horizonte para Natal. Apenas estes dois voos já representarão ao longo de um ano a vinda de mais 15 mil turistas. E vem mais por aí. O mercado voltou a acreditar no nosso destino”.

“Os feriados são uma oportunidade para o setor gerar negócios, empregos e renda para as cidades. E também uma chance para o turista conhecer novos destinos no seu próprio país”, afirma o ministro do Turismo, Henrique Alves. “Importante ressaltar que as nossas estimativas podem ser superadas com um trabalho intenso de promoção dos estados e municípios”, disse.

Já foi aprovado o projeto para divulgação do RN no Aeroporto de Campinas (SP), onde recentemente foi conquistado um voo fretado direto para Natal, pela operadora CVC com a companhia aérea Gol, e também onde a Azul possui um hub de potencial emissor de turistas ao Estado potiguar. Está em elaboração, também, um amplo projeto de marketing voltado ao mercado europeu para divulgar as potencialidades dos cinco polos turísticos potiguares. Os recursos para esses projetos são oriundos do RN Sustentável.

O impacto econômico dos seis feriados nacionais no Rio Grande do Norte é estimado em R$ 440,8 milhões. As folgas prolongadas – geradas pelo calendário de 2015 – vão motivar 298 mil viagens para o estado, com destaque para o feriado de 12 de outubro, que deverá registrar a maior movimentação financeira (R$ 81,4 milhões) e de viagens (55 mil).

Esta semana Natal foi destaque na imprensa como o destino mais procurado pelos brasileiros, de acordo com o levantamento realizado pela agência online de viagens Hotel Urbano. “Estamos em primeiro lugar em crescimento de procura: 200% no comparativo do primeiro trimestre de 2014 com o mesmo período de 2015”, ressalta o “governador do turismo”, Robinson Faria.

Tribuna do Norte 

Notícias relacionadas