menu

26/02/2019


União Européia é contra intervenção na Venezuela e isola Trump/Bolsonaro

247 – A União Europeia posicionou-se na manhã desta segunda-feira (25) contra a intervenção militar na Venezuela, defendida pelo governo dos EUA, pelo governo da Colômbia e pelo clã Bolsonaro.

“A posição da União Europeia neste contexto é muito clara: é preciso evitar a intervenção militar”, afirmou a porta-voz da diplomacia europeia, Maja Kocijancic.

Segundo a porta-voz, a União Europeia quer uma saída “pacífica, política e democrática” para a crise, o que “exclui a violência”, informa a HispanTV. Manifestada poucas horas da reunião do Grupo de Lima em Bogotá, a posição da União Europeia é ainda mais relevante.

O “presidente autoproclamado” da Venezuela, Juan Guaidó, e o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, compareceram ao encontro para pressionar, ao lado da Colômbia, para que a América Latina apoie a opção militar.

Notícias relacionadas