menu

Rio Grande do Norte

14/01/2016


Universidade em Mossoró tem menor nota de corte para medicina do país

O Ministério da Educação divulgou na manhã desta quinta-feira (14) as penúltimas notas de corte para os alunos que planejam participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), até as 23h59 desta quinta. O curso de Medicina do campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em Caicó segue com uma das notas mais altas do país, enquanto o de Medicina da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) tem a menor nota de corte entre todos os cursos do Brasil. 

Até ontem, a nota de corte de Medicina no campus de Caicó da Universidade Federal do Rio Grande do Norte era de 881,40 pontos. O número permaneceu igual na última atualização feita pelo MEC. O mais concorrido do país segue sendo o curso de Medicina da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), no campus de Barreiras, que saltou dos 888,35 para 889,55. Em ambas as instituições, os elevados índices são decorrentes de políticas de inclusão regional, em que notas recebem acréscimos de acordo com os perfis das inscrições que atendam os critérios das ações afirmativas.

Também em Caicó, o curso de Direito registrou nota de corte de 822,21 nesta última atualização. Em contrapartida, o mesmo curso ofertado no campus Central, em Natal, tem nota 720,15 no turno matutino, e 712,49 no noturno.

Em Mossoró, a Ufersa tem o curso de medicina com a nota de corte mais baixa do país, com 755,48 na última atualização.

Em Natal, os cursos mais concorridos seguem sendo os de Medicina, Direito, Arquitetura, Engenharia Civil e Engenharia de Produção. Todos ofertados pela UFRN. Há ainda vagas ofertadas para cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), nos campus de Ipanguaçu, Currais Novos, Natal (Central e Zona Norte), Macau, João Câmara, Caicó, Canguaretama, São Gonçalo do Amarante, Santa Cruz, Nova Cruz, Apodi e Parnamirim.

O prazo para aderir ao SiSU segue até hoje (14), às 23h59. Podem participar do processo seletivo participantes que fizeram as provas do Enem 2015 e que não tenham obtido nota zero na redação. O resultado da chamada regular será divulgado na segunda-feira (18). As matrículas nas instituições selecionadas serão realizadas nos dias 22, 25 e 26 de janeiro.

Quem não for convocado na única chamada regular em sua primeira opção ou aqueles que foram aprovados em segunda opção, poderão ingressar na lista de espera a partir do dia 18. A participação só é válida para inscrições solicitadas apenas na primeira opção. A partir do dia 4 de fevereiro, terá início a convocação pela lista pelas IES.

Notícias relacionadas