menu

Brasil

25/08/2014


Vital promete diálogo aberto entre Governo e funcionalismo

Paraíba

O candidato ao Governo da Paraíba pela Coligação Renovação de Verdade, Vital do Rêgo, confirmou presença em todos os debates, sabatinas e entrevistas para as quais for convidado nesta campanha eleitoral, reafirmou que estará presente na próxima terça-feira (26) às 19h, no debate do Sindifisco, que será realizado na Caixa Beneficente da Polícia Militar, em João Pessoa com transmissão ao vivo pela RCTV – Canal de TV fechada de João Pessoa que pode ser vista pelo link (http://rc.tv.br/ao-vivo/).
Vital considera fundamental a apresentação de propostas e o confronto de ideias com os demais candidatos. “Estou pronto para continuar apresentando nosso Plano de Estado aos paraibanos. Quero que o povo conheça em detalhes o que penso sobre a Paraíba. Sei que muitos paraibanos não me conhecem pessoalmente e os debates e eventos desta natureza será uma boa oportunidade para mostrarmos que tenho conquistas por toda a Paraíba e propostas exequíveis que contemplam todas as áreas da administração pública”, afirmou.
Ele disse ainda que está disposto a debater suas propostas com os diversos segmentos da sociedade como: Universidades, igrejas, entidades empresarias e classistas.
Debate com os servidores – O evento é promovido pelo Fórum dos Servidores e os candidatos estarão frente a frente com representantes dos movimentos sociais e sindicais.
Vital disse que, caso eleito, manterá um canal de diálogo próximo entre o Governo e o funcionalismo público. Dentre suas propostas para a consolidação da relação dos servidores públicos com o governo e com a sociedade, bem como a promoção da transparência das contas públicas, ele irá implantar a Câmara de Diálogo Permanente com os servidores e o programa Contas Abertas.
Vital anunciou a implantação, em seu futuro governo, do turno único no Governo do Estado, para o funcionalismo público estadual. A exceção, segundo Vital, será dos serviços essenciais, como Saúde, Segurança Pública e Educação. Já nesta quarta ele garantiu que vai criar também a Câmara de Diálogo Permanente com os servidores, para atuar em parceria com o Fórum dos Servidores Públicos Estaduais, composto por representantes de 36 entidades.
“A Câmara de diálogo permanente com os servidores atuará em parceria com o programa Contas Abertas, para mostrar de forma transparente para os servidores, bem como à sociedade em geral, o que eu posso e não posso fazer, trazendo o funcionalismo público para ser parceiro do governo e não vítima do governo, como é atualmente”, afirmou Vital.
Vital apoia o Fórum dos Servidores e afirma que a iniciativa tem, além do objetivo de ouvir suas propostas acerca do que defende e o que pretende realizar durante o mandato para os servidores, sugerir questões referentes aos investimentos, projeto de desenvolvimento do Estado, bem como o permanente diálogo que pretende instituir com a sociedade organizada.

 

(Do WSCOM)

Notícias relacionadas