menu

Internacional

26/09/2017


Vulcão entra em “fase crítica” e 75 mil são evacuados de Bali

O alerta de erupção do vulcão Agung na ilha de Bali, na Indonésia, entrou em “uma fase crítica” devida à sua crescente atividade sísmica e o número de evacuados da região aumentou para mais de 75 mil, disse nesta terça-feira (26) a Agência Nacional de Gestão de Desastres (BPBD, sigla em indonésio).

“O Monte Agung está agora em uma fase crítica. Mesmo com o nível de alerta em 4 (máximo) desde sexta-feira, não há certeza de que o vulcão entrará em erupção”, disse o diretor de informação da BPBD, Sutopo Purwo Nugroho.

“A atividade vulcânica continua aumentando”, acrescentou Nugroho, através de um comunicado.

O posto de observação do monte Agung registrou, apenas na segunda-feira (26), 547 terremotos vulcânicos superficiais, um número que quadruplicou desde a última sexta-feira quando foram sentidos 119, o que, juntamente com outros parâmetros, corrobora a hipótese de que a magma está em ascensão.

A BPBD acredita que cerca de 80 mil moradores vivem dentro da área de segurança estabelecida em um raio de 12 quilômetros ao redor da cratera, no distrito de Karangasem, no leste da ilha.

As pessoas deslocadas foram distribuídas em mais de 350 refúgios em nove distritos da região e as autoridades tentam retirar parte do gado que é a subsistência da população da área afetada.

Operários da Cruz Vermelha da Indonésia colocavam, ontem, cartazes de advertência na entrada do perímetro e ofereciam assistência médica para as pessoas que estão nos templos, escolas e edifícios governamentais que servem de refúgios improvisados.

Bali é o principal destino turístico da Indonésia com visita mensal de aproximadamente 200 mil turistas estrangeiros, segundo dados oficiais.

Agência Brasil

Notícias relacionadas