menu

Cultura

18/04/2016


Wagner Moura pode ser Aécio em série da Netflix sobre a Lava-Jato

A Netflix oficializou a produção da série idealizada por José Padilha (Tropa de Elite) baseada nas investigações da Operação Lava-Jato. As filmagens acontecerão no Brasil ainda em 2016. Segundo o colunista Fernando Oliveira, da Folha de S. Paulo, Wagner Moura teria sido sondado para o papel de Aécio Neves. Milhem Cortaz e Maria Ribeiro também serão procurados pela produção para integrar o elenco.

"A Netflix reconhece o talento de José Padilha em transformar os eventos atuais ainda em constante evolução em narrativas atraentes, e ele está bem posicionado para documentar este momento importante na história do Brasil", declarou Erick Barmack, vice-presidente de produções originais internacionais do serviço. A série será a segunda produção brasileira na Netflix, sendo precedida pela vindoura 3%, que será lançada no final de 2016.

“Esse projeto vai narrar a operação policial em si e mostrar detalhes sobre o maior esquema de corrupção já visto no Brasil. Era fundamental que a série fosse produzida com imparcialidade, e a Netflix é com certeza o melhor parceiro para que isso possa ser concretizado”, explicou Padilha.

O projeto, ainda sem título, tem lançamento previsto para 2017.

Notícias relacionadas