menu

Piauí

06/03/2017


Wellington determina corte de 30% nos gastos do Estado

O governador Wellington Dias se reuniu com os gestores das secretarias de Estado da Fazenda (Sefaz), da Administração e Previdência (Sead) e do Planejamento (Seplan) para discutir o controle de receitas e despesas da máquina neste ano.

Segundo o chefe do Executivo estadual, é necessário muita precaução, especialmente no primeiro semestre. "Ainda temos um ambiente político tumultuado, principalmente com a judicialização do que acontece em Brasília. Isso afeta a economia de todo o país. Portanto, o objetivo é esperar para ver como a economia brasileira se comporta", argumentou Wellington nesta quinta-feira (2).

Ainda de acordo com o governador, a finalidade da medida é manter o Estado equilibrado. "Com esse controle, pretendemos ter condições de permanecer com o calendário de pagamento dos servidores organizados. Também queremos assegurar a capacidade de investimentos, com a finalidade de gerar emprego e renda. Para tanto, qualquer despesa precisa ser vista com cautela".

Na ocasião, Wellington determinou que seja feito um ajuste nos custeios, economizando cerca de 30% para que qualquer situação de desequilíbrio seja evitada. O equilíbrio do Estado é uma das prioridades do Governo do Piauí para o ano de 2017.

Notícias relacionadas