menu

Piauí

07/05/2020


Wellington Dias analisa reabertura parcial do comércio para pagamentos, entregas e drive thru

O governador do Piauí reuniu-se por videoconferência com representantes do grupo Magazine Luiza

REVISTA NORDESTE – O governador do Piauí Wellington Dias reuniu-se, nessa quarta-feira (6), por videoconferência, com representantes do grupo Magazine Luiza; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Igor Neri; o secretário de Governo, Osmar Júnior e a deputada federal Margarete Coelho. O encontro teve como objetivo discutir a reabertura parcial do comércio para pagamento de faturas, serviços de delivery e drive thru.

Na ocasião, o vice-presidente da Magazine Luiza, Fabrício Bittar, fez uma apresentação do plano de contingência para aplicar nas localidades em que a empresa tem operações de venda. “Estamos pleiteando a autorização para que as lojas funcionem para atender os clientes que precisam fazer os pagamentos e ainda não o fazem pela internet. Também queremos trabalhar com a entrega de produtos e para isso os funcionários voltariam ao trabalho presencial para organizar os pedidos e enviá-los aos clientes. Ainda disponibilizaríamos o serviço de drive trhu, dando a opção ao cliente de fazer a compra por internet e fazer a retirada na loja”, explicou.

O plano apresentado conta com restrições e medidas protetivas tais como: políticas de higienização, distanciamento, utilização de equipamentos de proteção, monitoramento de funcionários, escore de risco por município, além da não convocação de pessoas do grupo de risco. “Dessa forma, poderemos assegurar a saúde dos nossos colaboradores e ter a manutenção mínima de nossas atividades. Operamos como correspondente bancário e vendas de produtos essenciais, como alimentos e de higiene. Em tempos de pandemia, muitas pessoas também precisam, por exemplo, de um computador e de acessórios para trabalhar de casa. Portanto, com esse modelo de funcionamento poderemos atender a necessidade do cliente de forma segura”, justificou Bittar.

A proposta será analisada por Wellington Dias e apresentada a outros setores do comércio. “O funcionamento do setor de processamento e pagamentos de boletos já foi autorizado e agora estamos avaliando as alternativas para atender a população e fazer a economia girar de forma gradativa, mas com o máximo de cuidado para não interferir no nosso plano de enfrentamento à Covid-19. Temos uma chance do nosso sistema de saúde não entrar em colapso e vamos continuar priorizando as vidas humanas”, afirmou o governador.

Notícias relacionadas