menu

07/09/2019


Wellington Dias confirma retomada da Transnordestina com liminar da Justiça Federal autorizando a obra

Por Walter Santos

O governador do Piaui, Wellington Dias, comemorou neste sábado a garantia da retomada pela TLSA da obra Transnordestina no trecho de Ribeira do Piauí a Trindade, conforme despacho prolatado pelo desembargador federal Carlos Augusto Pires Brandão. Agora, a pendência que fica é o trecho de Eliseu Martins a Ribeira do Piauí por conta de ação de quilombolas.

– Esta é uma decisão muito importante com efeitos especiais porque garante a retomada de uma grande obra do Nordeste envolvendo diversos estados a partir do Piauí – revelou o governador à reportagem da revista NORDESTE.

– Devemos realçar o entendimento que permitiu concordância para Empresa Transnordestina efetuar depósito de R$ 1 milhão de reais para melhorias, especialmente na área habitacional, a partir da decisão do magistrado, observou para acrescentar :

– O Governo do Estado acompanhou e ficou de tratar com empresa Equatorial dar solução a energia que já foi realizado e garante energia com a devida carga elétrica na casa de Mel da Comunidade Barro Vermelho e Região, frisou.

Ele garantiu ainda que “diretamente o Estado, através do DER, garantiu e já adotou procedimentos para projeto é orçamento, licitação para um viaduto permitindo a comunidade acessar os dois lados da ferrovia, que é habitado e em segurança, declarou.

RETOMADA – Com a decisão judicial, segundo ele, ” a empresa pode mobilizar para retomada da obra. Pelo que o Ministério da Infra Estrutura anunciou quando esteve no Piauí, a Empresa deve investir já a partir deste mês etapa de aproximadamente R$ 250 milhões no Estado “.

Para ele, esta ” é uma obra estratégica para o Desenvolvimento do Brasil e com forte impacto no Piauí. A região, segundo estudos tem cerca de 14 milhões de toneladas a transportar por ano, além de grãos, combustível e outras cargas, a principal carga são minerios: ferro, gesso, mármore dentre outros”.

Por fim, completou, “a partir da decisão a empresa já tem como mobilizar, fazer contratações e na hora que puder, começar a obra. A previsão é de ficar pronto o trecho de Elizeu Martins até Porto de Pecém, ali para o final de 2021”.

Notícias relacionadas