menu

Piauí

06/02/2015


Wellington Dias vai regularizar a situação dos presos com transtornos mentais

PIAUÍ

O Desembargador Erivan Lopes, Coordenador do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário do Piauí (GMF), entregou Ofício ao Governador Wellington Dias (PT), cobrando o correto atendimento às pessoas com transtorno mental em conflito com a lei.

Segundo ele, estas pessoas não podem ser submetidas à prisão, mas sim a recuperação. Ele explica que estavam sendo encaminhadas a um espaço na Penitenciária Major César, que seria um Hospital Penitenciário, mas que não tem a menor estrutura.

“Nós juízes criminais percebemos que lá não havia médico, nem psicólogo, nem enfermeiras. Assim, nos sentimos na obrigação de determinar a remoção destas pessoas para o Hospital Areolino de Abreu, este sim, adequado para o tratamento”, afirma Erivan Lopes.

RESISTÊNCIA
Mas de acordo com o Desembargador Erivan Lopes, a decisão encontra resistência no hospital em receber os pacientes nesta situação, por haver uma espécie de preconceito.

Notícias relacionadas