Paraíba

OPINIÃO: próxima fase da crise poderá recair sobre a Comunicação; governo reage bem, por Walter Santos

27/12/2019


Divina Vingança: a nova fase de envolvidos da Operação Calvário mira a comunicação; governo foca na reação e trabalho imediato

A nova etapa da crise de relacionamento entre o atual e o ex-governador prova nos bastidores que, sobretudo, aliados localizados do staff passado resolveram atacar a área de comunicação. O alvo, entre outros, é o secretário Nonato Bandeira, tratado como mentor da crise entre ex e atual sem procedência, mesmo que a acusação seja inflacionada, mas Nonato age na desconstrução e criar meios de superação.

Independentemente, depois de veicular live o jornalista Bruno Pereira, que dividia os microfones da Rádio 98 FM de João Pessoa com Samuka Duarte foi demitido por estar entre os alvos da quarta fase da Operação Recidiva no dia 20 de novembro.

No Sistema Correio há ainda a projeção de um dos diretores estar envolvido na Operação Calvário.

VÁRIOS INTERESSES EM JOGO

Ponhamos os pontos nos iis: os Ricardistas mais ortodoxos – e o tamanho numérico não é mais como antes – buscam desestabilizar João Azevedo atraindo o secretário de Comunicação para o meio da grande guerra. Só que Nonato reage forte e bem.

Nesta quinta-feira (26), por exemplo, circulou em ambiente fechado um texto acusando a área de comunicação a ser afetada na próxima fase da Operação Calvário, citando diretores e veículos de comunicação.  É tudo ainda ilação, mas há intenção de intrigar o meio e criar problemas.

Na outra faixa da história, o secretário Nonato Bandeira se dedica a oferecer meios e estratégias para o Governo João Azevêdo se sobrepor da crise gerando mais trabalho e ações sintonizados com os setores progressistas e construir nova fase em 2020. 24 horas no ar nesta direção.

Síntese: vivemos uma guerra política, onde muitos fatos novos tentam afetar a conjuntura atual, embora o governo ande antenado e firme em construir a superação com a verdade dos fatos, dizem. Detalhe: com moral.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.