Paraíba

Oposição pede vistas da Reforma da Previdência da Paraíba

“Não queremos votar esse ano, há muita coisa que vai modificar", disse a deputada Camila Toscano.

10/12/2019


Portal WSCOM

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) discutiu, nesta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar que prevê mudanças no sistema previdenciário dos servidores do Estado. A deputada Camila Toscano (PSDB) pediu vistas, o que adiou a aprovação do Projeto.

Camila afirmou que a bancada de oposição se posicionou por estender as discussões, e que não quer votar o projeto neste ano. Ela afirmou que existem ‘uma série de questões que merecem ser debatidas’.

“Não queremos votar esse ano, há muita coisa que vai modificar, há muita coisa que vai prejudicar os servidores. Aumenta tempo de contribuição, aumenta a idade… há aumento de alíquota, não há progressão, uma seria de questões que merecem ser debatidas”, disse.

Ela ainda opinou que “analisando superficialmente, tem muitas mudanças. Não tá tão amarrado com a Constituição Federal, tem algumas coias que vão prejudicar e muito o servidor paraibano”.

PB Saúde

O Projeto de Lei para criação da Fundação Paraibana de Gestão em Saúde, a PB Saúde, também teve pedido de vistas feito, desta vez pelo deputado Wallber Virgulino.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.