Arquivo Nordeste

Os efeitos da COVID no comportamento das pessoas, o crescimento de dramas psicológicos e as Redes Sociais ampliando a intolerância entre desiguais

Estamos chegando a março de 2021 com dados a comprovar fortes mudanças nos hábitos humanos, daqui e dalhures, movidas por inúmeros fatores além do isolamento recomendável em tempos de alto índice de transmissão de vírus e mortalidade.

Há que se admitir no curso dos últimos tempos, de 2020 para cá, termos que conviver com o negacionismo – ou seja a impostura de segmentos que não aceitam os protocolos básicos de prevenção – alimentados por sectarismo religioso e ideológico inteiramente na contramão da história. Só que isso só amplia o significado de genocidio em curso diante de mais de 250 mil mortes no país.

Na prática, independentemente da resistência contra-producente, teremos que adicionar como fruto da Pandemia ainda o uso frequente das Redes Sociais para agressões absurdas ampliando o grau de intolerância entre grupos e pessoas. Este é o efeito danoso do novo tempo digital.

Por fim, se faz importante admitir que o Novo Normal tem sido fator presente na formatação social permanente a afetar a Saúde Mental das várias gerações de pessoas nos vários cenários e sociedades a ponto de já preocupar autoridades médicas e especialistas como novo drama de agora em diante a merecer cuidados e políticas públicas.

Seja como for, não há outro caminho senão cada um fazer a sua parte com base nos protocolos recomendados. Isto ainda aguardando a Vacina como solução definitiva.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp