Brasil

Esposa de Fabricio Queiroz tinha telefones pessoais dos Boslonaro, dizem documentos

02/07/2020


247 – A esposa de Fabrício Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, tinha uma caderneta com orientações do marido para caso ele fosse preso. De acordo com imagens obtidas pelo jornal Estado de S. Paulo, no caderno havia anotações de números de celular atribuídos a Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro e Michelle Bolsonaro.

Em outras páginas da caderneta havia também registros de números de policiais e pessoas envolvidas com milícias e políticos do Rio de Janeiro.

Números da família Bolsonaro ocupam parte significativa dos papéis do caderno. Em uma folha estão anotados dois números de Bolsonaro e um de Michelle. Em outra página, há o contado de Flávio Bolsonaro e de sua esposa, Fernanda.

Existe também um número atribuído a Max Guilherme Machado de Moura, ex-segurança e hoje assessor especial de Bolsonaro. O sócio de Flávio Bolsonaro em uma loja de chocolates, que é investigada por lavagem de dinheiro, Alexandre Santini, também tem seu número anotado.

Indicações de Márcia mostram que as anotações foram feitas após a eleição de 2018. Os deputados estaduais Rodrigo Amorim (PSL) e Marcelo do Seu Dino (PSL), o deputado federal Lourival Gomes (PSL-RJ) e o secretário de Ciência e Tecnologia do governo de Wilson Witzel (PSC), Léo Rodrigues, já estão identificados na caderneta pelos seus respectivos cargos


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.