Internacional

Pesquisadores pedem sinal verde à Anvisa para testar a Vacina de Oxford em pessoas acima de 69 anos

21/08/2020


Imagem ilustrativa

Pesquisadores à frente dos testes no Brasil da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca esperam obter na próxima semana o sinal verde da Anvisa para começar o recrutamento de pessoas acima de 69 anos para participarem da testagem.

Com isso, será possível pedir o licenciamento e dar início à produção, mesmo antes do encerramento dos testes em âmbito global, previsto para junho de 2021.

Dos 5 mil voluntários que deveriam ser recrutados no Brasil, 3.800 já foram vacinados. As 1.200 vagas ainda abertas poderão ser preenchidas também por pessoas acima de 69 anos.

A vacina é uma das seis no mundo em fase três, a etapa final de testes clínicos, e uma das mais promissoras entre as 231 em desenvolvimento. Em São Paulo, os testes estão a cargo da Unifesp.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.