Brasil

Queimadas no Pantanal batem recorde e são as maiores em 23 anos

01/10/2020


BRASIL 247 – Apesar do discurso negacionista do governo Jair Bolsonaro sobre o crescimento das queimadas no Brasil, o número de focos de incêndios no Pantanal e na Amazônia cresceu ao longo do mês de setembro. Somente no Pantanal, o aumento foi 180% sobre o mês anterior, na sétima alta mensal consecutiva, e bateu o recorde da série histórica para o mês, com 8.106 focos de calor.

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que as queimadas no bioma Pantanal também bateram o recorde anual em setembro, com 18.259 focos, número 82% superior ao registrado em todo o ano passado.  O volume é o maior desde o início da série histórica, em 1998. O fogo já consumiu 23% do bioma.

Na Amazônia, a alta foi de 60,6%, chegando a 32.017 focos de incêndios em setembro, maior número para o mês desde 2017.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.