Nordeste

Sergipe aumenta testagem para síndrome gripal e amplia busca por contaminação pelo coronavírus

Ampliação no número de testes rápidos e das novas tecnologias que estão sendo empregadas para diagnóstico da Covid-19 são alguns dos fatores que explicam aumento no número de casos.

20/04/2020


Imagem ilustrativa - Teste Covid-19

REVISTA NORDESTE – A Secretaria de Estado da Saúde do Sergipe (SES) confirmou novos casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Já são 71 casos em Sergipe. No estado já foram registrados cinco óbitos. O aumento considerável no número de casos já vinha sendo alertado pela SES. Isso se deve ao fato da ampliação no número de testes rápidos e das novas tecnologias que estão sendo empregadas para diagnóstico da Covid-19.

Além disso a SES recomendou a testagem  para o novo coronavírus os pacientes que são atendidos na rede hospitalar com quadro de Síndrome Gripal (SG).

“Essa estratégia nos ajuda a identificar precocemente e em situações que poderiam passar despercebidos. As testagens estão sendo realizadas tanto na rede pública de saúde como na privada”, ressaltou a diretora de Vigilância em Saúde da SES, Mércia Feitosa.

Na última quinta-feira(16), durante entrevista à imprensa, o governador explicou que há pessoas que podem estar contaminadas, mas assintomáticas e a ampliação dos testes oferecerá um panorama mais real da situação de contágio no estado.

“Como nós já prevíamos, vamos começar a ter um aumento de casos confirmados. Esse crescimento é reflexo da testagem que estava represada. Nós estamos fazendo testagem de forma mais ampla. A partir da agora, os resultados vão dobrar”, informou o governador Belivaldo Chagas.

Os 75 municípios sergipanos já começaram a receber os testes rápidos para detectar a Covid-19. Já foram distribuídos pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (SES), 5.500 testes rápidos, que equivalem a 275 kits. O governo do Estado também comprou 34 mil testes, adquiridos no mercado internacional, que deverão chegar até o final do mês para ampliar as testagens.

Para agilizar o tempo resposta para o diagnóstico, o Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) aumentou a capacidade de armazenamento de amostras para os testes específicos da Covid-19. Anteriormente o Lacen tinha a capacidade de processar a análise de 24 amostras, agora aumentou sua capacidade para 96, a cada três horas.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.